Currículo ideal: confira dicas para saber prepará-lo

Currículo ideal: confira dicas para saber prepará-lo

estrategias-organizacao-rotina.jpg
Como organizar e arquivar documentos de maneira eficiente
janeiro 3, 2013
cursos secretariado executivo
Conheça alguns cursos de secretariado executivo gratuitos!
maio 14, 2013

Currículo ideal: confira dicas para saber prepará-lo

Currículo ideal: confira dicas para saber prepará-lo

Currículo ideal: confira dicas para saber prepará-lo

Todo mundo sabe que ter um bom currículo é um dos primeiros passos para encontrar um emprego, mas nem todos se fazem a famosa pergunta: “Meu currículo está bem feito?”.

Provavelmente você nem imagina, mas talvez seu currículo já tenha sido descartado de alguma seleção de emprego unicamente por causa da aparência e do excesso (ou falta) de informações apresentadas. Ter experiência e estudos é importante, mas não saber como apresentá-los pode botar tudo a perder.

Apesar de representar apenas 7% da comunicação entre o entrevistado e o recrutador, o currículo é a ferramenta que abrirá ou não o caminho para a entrevista.

Consultora Lee Hecht Harrison/ DBM, Denise Ovadia.

Denise ensina que o currículo deve resgatar habilidades, conhecimento e experiências sempre em ordem das mais importantes e relevantes para a vaga. “Não adianta destacar um curso ou experiência interessante, mas que nada tem a ver com a vaga pretendida. Será uma informação irrelevante para a empresa”, ressalta.

Obviamente, não existe o currículo ideal. Cada empregador vai olhar de uma forma diferente para o que tiver em mãos. Por isso, o segredo é conhecer bem a empresa onde quer trabalhar e estruturar as informações de acordo com o perfil do lugar – e jamais mentir no CV, é claro!

O primeiro passo é buscar um equilíbrio: nem detalhes em excesso, nem informação de menos. Nem tão longo, nem tão curto. Usar a objetividade é o primeiro passo. Informações bem estruturadas ajudam a capturar de imediato o olho do seu futuro empregador.

Mas existem outros segredos que envolvem a confecção de um bom currículo. Vamos desvendá-los ponto a ponto a seguir!

Formatos mais comuns

  • Cronológico: É ideal para quem já está a mais de 20 anos no mesmo lugar e já passou por muitos setores
  • Funcional: recomendável quando há pouca variedade de empresa, porém sempre colocar as experiências mais relevantes

Dados Pessoais

Não precisa encher o currículo com todos os tipos de dados pessoais. O possível empregador não precisa saber do seu RG, CPF, tampouco do nome dos seus pais antes mesmo de contratá-lo. Em vez disso, coloque apenas:

  • Nome completo
  • E-mail
  • Telefone de contato
  • Endereço do seu perfil em redes profissionais, como o LinkedIn (se tiver). Evite incluir perfil de redes sociais pessoais.
  • Cidade onde mora
  • Idade ou data de nascimento (opcional)

Aqui vale uma observação importante: cuidado com os nomes que você usa em e-mails e endereços de redes sociais. Apelidos de internet ou associações com personagens de filmes, quadrinhos e videogames podem passar uma impressão negativa ao avaliador. Para parecer mais profissional, crie um endereço apenas com o seu nome real e nenhuma informação a mais.

Objetivo Profissional

  • O que eu quero ser?
  • Relacionar ao nível hierárquico que eu quero ocupar. Cuidar para não limitar as oportunidades por conta da expressão do seu objetivo

Qualificações

Usando poucas palavras, faça um resumo das suas principais qualificações, descrevendo as áreas de atuação e seu papel em cada uma delas. Exemplo:

  • Redes Sociais: produção de conteúdos, interação com o público no Twitter e no Facebook, gerenciamento de crises, encaminhamento de solicitações.
  • Publicidade Digital: experiência em publicidade do Google, definição de campanhas, planejamento de custos.

Evite colocar uma lista muito grande de qualificações, mesmo que sejam importantes. Escolha apenas aquelas que têm mais a ver com a empresa onde você concorre a uma vaga.

As qualificações têm que sustentar e justificar o objetivo para haver coerência.

Experiência Profissional

Essa é uma das partes mais importantes do seu currículo, é preciso tratá-la com atenção especial. Aqui devem entrar suas experiências mais atuais e relevantes.

A ordem das experiências deve ser sempre da mais recente para a mais antiga.

Os dados que devem aparecer são:

  • Nome da empresa onde trabalha ou trabalhou
  • Período em que trabalhou nesta empresa (ou se ainda está nela)
  • Brevíssima descrição da empresa
  • Último cargo ocupado ou função realizada
  • Descrição das suas atividades nesta empresa

Principais realizações

  • O que realizei?
  • Pra que realizei?
  • Como realizei?
  • Resultado

Formação Acadêmica

Descreva, de forma sucinta, seus cursos de graduação e pós-graduação. Utilize os seguintes dados e use sempre a ordem do mais recente para o mais antigo. Veja como fazer:

  • Modalidade do curso
  • Título do curso
  • Instituição
  • Local do Curso
  • Período do curso (se já está concluído ou ainda em conclusão).

Exemplo:

  • Mestrado em Biologia Marinha – Universidade Federal do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) – 2015 (em curso)
  • Graduação em Ciências Biológicas – Universidade Cruzeiro do Sul (São Paulo/SP) – 2011 – 2014.

Idiomas

O quanto falo, o quanto leio e o quanto entendo. Não minta com relação ao nível de conhecimento. Pode ser complicar na hora da entrevista.

Informática

Só se for algo muito específico. Não se coloca Word, Excel e outros programas do Office, pois já é básico e todos devem ter conhecimento.

Palestras

Se você ministrou alguma palestra, mesmo que não seja do ramo do seu objetivo é importante colocar porque mostra um diferencial, uma competência de falar com um grande público, uma liderança, um domínio, uma desenvoltura.

Publicações

Cuidar se é coerente ao objetivo.

Experiências Internacionais

Tipo de congresso, evento ou trabalho executado, em que lugar e em que tempo aconteceu.

Trabalho Voluntário

Demonstra responsabilidade social, uma vez tendo no currículo o examinador terá um olhar mais sutil e não tão crítico e objetivo.

Outras informações como Estado Civil e filhos podem constar no fim do currículo ou no cabeçalho nos dados pessoais.

Denise reforça que todas as informações devem estar alinhadas com o objetivo de carreira. “Antes de responder cada uma das questões, dê uma revisada nos objetivos e confirme se há coerência”.

Seu Perfil Campeão no Linkedin

Hoje em dia, se você não estiver presente no Linkedin, conhecido mundialmente como a rede de experiências profissionais mais importante do mundo, você está não só perdendo poderosas conexões com contatos importantes, como também está sendo “invisível” diante do mercado de trabalho.

Quer saber como funciona e como é possível ter um perfil campeão no Linkedin?

Pois bem, durante a Semana do Secretariado 2017, eu tive a honra de conversar com Vania Cagnassi, Office Manager e Senior Executive Assistant no Linkedin Brasil, e ela explicou tudo isso 😉

Quer ter acesso à esta e todas as outras aulas? Então clique no botão abaixo:

Eu quero!

Cuidados Gerais

  • Não poluir o currículo: papel branco ou reciclável
  • Cuidar os estilos: não usar muitos tipos de fontes
  • No mínimo 2 páginas e não passar de 3 páginas
  • Metragem: tamanho A4
  • Margens: 1,5 superior, inferior, direita e esquerda
  • Fontes mais usadas: Arial, Tahoma, Verdana, Centaur e Times New Roman
  • Tamanho fonte: mínimo 10 máximo 12
  • Espaçamento: simples
  • Cuidar marcas de revisão
  • Verificar se a correção do Word está adaptada a nova ortografia
  • Depois do currículo pronto, converter para PDF para evitar edições
  • Cuidar gramática, pontuação e ortografia
  • Cuidar vícios: estrangeirismos
  • Cuidar excesso de abreviações
  • Cuidar repetições de verbos; buscar sinônimos

Simplicidade é o melhor caminho!

Currículos imensos, cheios de palavras difíceis e detalhes desnecessários não impressionam ninguém – pelo contrário, se perdem na pilha de outros currículos. Às vezes, na tentativa de chamar a atenção do avaliador, acabamos exagerando na quantidade de informações e o resultado disso é que o documento acaba na lata do lixo.

Use palavras simples e corriqueiras, fuja dos rebuscamentos e da tentativa de “parecer inteligente”. Seja prático, objetivo. Passe a ideia de eficácia. Uma boa carreira começa sempre com um bom currículo! Boa sorte!

Aproveite que você está aqui e veja outro artigo super interessante sobre Dicas de como se sair muito bem no seu primeiro emprego!

EnglishPortugueseSpanish